Site Meter

 

A Torre de Babel

"Asseguram os ímpios que o disparate é normal na Biblioteca e que o razoável (e mesmo a humilde e pura coerência) é quase milagrosa excepção."

Jorge Luís Borges, A Biblioteca de Babel

 

 

quinta-feira, junho 30, 2005

Food for thought

Neste artigo da Wired descubro que o episódio-piloto de uma série chamada Global Frequency não agradou ao estúdio que recusou a produção da mesma.

A história podia acabar aqui, não fosse o "maravilhoso mundo novo" da Internet. Alguém disponibilizou o episódio-piloto na Internet, mais propriamente numa rede distibuída chamada BitTorrent.

Escusado será dizer que a popularidade do episódio vai de vento em popa.
""There's a large and growing fan base for a show that never aired," said John Rogers, the show's writer and executive producer, on Wednesday. "Now I have an extra 10,000 hits a week on my website, and I've got to figure out what to do here."

Rogers, who said he had nothing to do with the leak, has already received 350 e-mails from people praising the show. He said he would like to release the pilot as a DVD."

O que suscita algumas questões:
1. Não seria melhor fazer a distribuição do piloto, gratuitamente, pela Internet e depois, se este pegasse, vender a série em DVD?

2. Ou então vender a série aos estúdios só depois de conseguir a audiência na net?

Claro que o estúdio quer apenas invectivar a tecnologia que permitiu que a sua propriedade intelectual fosse distribuída sem sua autorização. Nem sequer comenta se vai ou reponderar a decisão de não produzir a série.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home