Site Meter

 

A Torre de Babel

"Asseguram os ímpios que o disparate é normal na Biblioteca e que o razoável (e mesmo a humilde e pura coerência) é quase milagrosa excepção."

Jorge Luís Borges, A Biblioteca de Babel

 

 

quinta-feira, julho 07, 2005

Os limites da imperfeição

Uma novela-folhetim para os tempos correntes
[sai às quintas-feiras]

(continuação)

IV. OS PASSOS EM FALSO

O leitor há-de ter percebido que, por estas horas, já pusemos na rua duas personagens. Não me esqueceu isso; por retardamento meu, perdemo-las de visão, mas não do cuidado. Voltemos, pois, a acertar o passo com José, e ainda o apanhamos a meio do caminho.
José quem era? Para poder começar a conhecê-lo, o leitor deverá trazer no pensamento que, por vezes, dois ou três passos em falso são suficientes para que uma vida inteira se ponha de viés perpetuamente e sem remédio. Eu julgo que isto, que não é novidade, não deve de ser factor de espanto (nem sequer no espírito do leitor aspergido pela felicidade, se algum houver); mas José sabia-o de ciência certa, que é a ciência dada pela experimentação repetida que depressa confirma as piores hipóteses.
Muitos anos atrás, os laços de família eram quase inquebrantáveis: dissolviam-se por razões taxativamente enumeradas, e por nenhuma outra. A um marido ou a um filho tolerava-se muito: amantes, prodigalidades, sevícias e até pequenos furtos. Mas não eram consentidas quaisquer infracções ao código das regras que, conquanto não escritas, asseguravam a sobrevivência de um nome, mais que a pureza dos genes. Quando da juventude de José, não corriam já os tempos de feição a que seu pai o trouxesse destinado a casar-se com uma prima em terceiro grau, ou o que fosse; porém, aos dezanove anos, José anunciara, ao jantar, um propósito amoroso que se subsumia a esse catálogo dos delitos familiares para os quais não havia perdão nem amnistia. O pai permanecera em silêncio, o que era já uma resposta. Todos continuavam comendo; e a mãe e as irmãs de José aguardavam, de olhos rebaixos, um remate mais definitivo para aquele duelo em que não podiam tomar partido. Quando enfim depôs a colher de sopa, e sem olhar para José, o pai pôs na voz um tom de veredicto inapelável.
- Filhos de minhas filhas, meus netos são; filhos de meu filho, serão ou não.
Isto, para José, não foi uma desilusão: foi antes a confirmação de uma ameaça com que ele contara e que julgava necessária como formalização da guerra. Também o pai de José já tinha conhecimento, porque lho haviam relatado sem grande adulteração de factos, de que seu filho costumava demorar-se muito por casas nocturnas em que se bebia vinho espumoso e se cantava o fado, e onde era possível, por pouco ou nenhum dinheiro, passar umas horas na companhia de mulheres capazes de esgueirar-se pelas ruas de Alfama com o desembaraço de um ladrão munido de chaves falsas. O que o pai de José não sabia era que Amélia, que então contava quarenta e poucos anos, não pertencia perfeitamente a esse lote de cortesãs avinhadas; e não chegaria a sabê-lo alguma vez, pois José abandonou a casa familiar e nunca mais regressou.
Aos dezanove anos, a imprudência de José mostrou-se sobretudo no facto de ter ele arriscado uma libertação sem primeiramente assegurar que, uma vez evadido do cárcere paterno, poderia, com os langores de um amor proscrito, desforrar-se por completo dessa orfandade em que ingressava pelo seu próprio pé. Este primeiro passo em falso não derivou do ingénuo romantismo que o conduziu a uma dissidência muito teatral (e que, depois, lhe valeria uma deserdação de que o leitor virá ainda a ter notícias): esteve, isso sim, em convencer-se José erroneamente de que o seu amor era reciprocado em condições de estrito equilíbrio.
No esmero com que Amélia o iniciara nas beatitudes da lascívia vira José a significação de um sentimento de mais profundidade. E contudo para desfazer esse erro sobre a extensão dos afectos de Amélia não teria sido necessário muito: bastaria tê-lo perguntado à própria Amélia, apenas isso.
(continua)

3 Comments:

Blogger 100 nada said...

:)
O que eu gosto deste folhetim.

6:56 da tarde  
Blogger dong dong said...

201510.9dongdong
Cheap Christian Louboutin Shoes Sale
Cheap Michael Kors Handbags Outlet
coach outlet
abercrombie store
michael kors outlet
louis vuitton outlet online
Montblanc Pen Refills Outlet
coach outlet online
Toms Outlet Store Online
Designer Louis Vuitton Handbags Outlet
Coach Factory Handbags Outlet Store
ugg outlet
Authentic Louis Vuitton Bags Discount
cheap uggs
Cheap Ray Ban Wayfarer
Jordan Concords Low And High
michael kors outlet
cheap ugg boots
Jordan 4 Shoes For Sale
Louis Vuitton Outlet Free Shipping
Abercrombie and Fitch Store
football jerseys cheap
jordan shoes
Authentic Air Jordan 13 shoes for sale
celine bags
ralph lauren uk
Coach Outlet Discount Clearance Coach Handbags
Canada Goose Outlet,Canada Goose Outlet Online,Canada Goose Clearance
burberry outlet
michael kors handbags

4:34 da manhã  
Blogger xjd7410@gmail.com said...

vans shoes outlet
rolex watches outlet
celine outlet
michael kors handbags
michael kors outlet
louis vuitton handbags
fitflop sandals
jordan 4 toro
louis vuitton
ray ban sunglasses
michael kors outlet
burberry outlet
cheap oakley sunglasses
oakley sunglasses
christian louboutin outlet
oakley outlet
michael kors handbags
coach outlet
fitflops
michael kors outlet
ray bans
cheap jordan shoes
nike free run
true religion outlet
jordan concords
jordan retro
air max 90
nike outlet store
cheap oakley sunglasses
coach outlet store online
jordan retro
adidas shoes
true religion jeans
nike air max
gucci handbags
mont blanc
polo ralph lauren
toms outlet
coach outlet
2016.7.13haungqin

7:47 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home