Site Meter

 

A Torre de Babel

"Asseguram os ímpios que o disparate é normal na Biblioteca e que o razoável (e mesmo a humilde e pura coerência) é quase milagrosa excepção."

Jorge Luís Borges, A Biblioteca de Babel

 

 

sexta-feira, janeiro 20, 2006

Vivemos num mundo demasiado rápido

quinta-feira, janeiro 12, 2006

A anunciada morte da fotografia digital.

A Olympus já tinha deixado de construir e vender máquinas analógicas.

Agora, a Nikon anunciou que vai deixar de vender máquinas fotográficas analógicas na Europa, com excepção da F6.

Quando o maior construtor (ex aequo com a Canon para não ferir susceptiblidades) abandona o jogo, não há grandes esperanças...

A fotográfia analógica vai passar a ser um luxo e raridade, como o vinil. Ainda bem que tenho duas que funcionam muito bem. A velhinha Nikon F401 (comprada pelo meu pai no final dos anos 80) e ainda mais idosa Nikon FM (comprada por mim em 2.ª mão, no ano passado).

segunda-feira, janeiro 09, 2006

País de Brincadeira

Deixo-vos as frases com que Fontão de Carvalho, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, justificou a contratação* de Jorge Coelho** para consultor da Associação de Turismo de Lisboa:

Uma pessoa "não muito ligada ao turismo, mas que poderá trazer ideias novas à comissão";

"E ninguém pode negar o conhecimento que Jorge Coelho tem da cidade de Lisboa".

Frases que tão bem se aplicam ao visado como a este vosso escriba.

*Ainda não sei qual é o vencimento a auferir, nem se contratação foi precedida de procedimento concursal. Qual é a vossa opinião?
**Sim, é aquele da televisão, que aparece na Quadratura do Círculo.

terça-feira, janeiro 03, 2006

Sem comentários...

"Goodness knows what TV shrink Frasier Crane would have made of it all, but the Seattle Times has an intriguing message for newspaper websites: its most popular story of 2005 was about a man having sex with a horse.

The report of a man who suffered a perforated colon while having sex with the animal was "by far" the most clicked-on story on the US paper's website, www.seattletimes.com. Indeed, the incident accounted for five of the paper's 20 most read local news stories of the year. Seattle Times columnist Danny Westneat joked it was "clear I should have focused more on people having sex with horses"."*

* Citado daqui.

O mundo a mudar.

Pergunta

Os (super) poderes do Presidente da República

Hoje anunciado, ontem e hoje exercido, o poder de o Presidente da República se imiscuir na gestão de empresas públicas (no sentido lato, tal como definido por aqueles chatos de Bruxelas).

segunda-feira, janeiro 02, 2006

only in the moves...

"One man shooting at 20 men has a better chance of killing them all than 20 men firing at once (it's called Stallone's Law)."

retirado daqui.

José, o homem mais poderoso de Inglaterra.

Não estou a falar de José Mourinho, mas de José Manuel Durão Barroso, eleito o homem mais poderoso de Inglaterra pelos ouvintes da Radio 4.

Sim é uma piada. Também é só para isso que o José serve.

Mais questões difíceis...

Até que ponto se pode ir para obter informação necessária ao combate ao terrorismo. É admissível a utilização de informação obtida através de tortura? E se essa mesma informação tiver sido obtida por meios ilegais no nosso país mas por agências de informação estrangeiras? Somos obrigados a apurar o modo como foi obtida a informação pelas agências de informação estrangeiras ou simplesmente adoptamos uma postura see no evil, hear no evil, speak no evil?

A questão surge na Alemanha. Curiosamente o mesmo problema - relativização dos princípios fundamentais da democracia em benefício de uma maior segurança - manifesta-se nos Estados Unidos da América, com o presidente Bush a defender a possibilidade de realização de escutas telefónicas sem necessidade de mandado judicial, fundado na necessidade de proteger o país de ataques terroristas futuros.

Adendas à biografia de Winston Churchill
ou
Da Natureza Humana

Necessárias, importantes, desejáveis mas também muito incómodas.

A notícia pode ser lida aqui.

Excertos:

Sobre Hitler:

"if Hitler falls into our hands we shall certainly put him to death."

"This man is the mainspring of evil"

O que embora censurável, não deixa de ser compreensível.

Sobre Gandhi (quando este fazia uma greve de fome numa prisão británica na Índia):

"I would keep him there and let him die as he likes"

A improvável impossibilidade

«É absolutamente impossível passarmos a factura, onde se identifica o consumidor, o número de contribuinte e a morada a um pequeno grupo de seis pessoas a beberem seis cervejas», indicou José Manuel Esteves

Mas só porque estão a beber cerveja... Se o mesmo grupo de seis pessoas estiver alegremente a beber seis copinhos de James Martins, 30 anos (um belíssimo whisky, por sinal), nesse caso já não há impossíveis...

Uma sugestão para o Plano Tecnológico

from our friends, the British.

Um pequeno vídeo informal (infomercial) narrando as agruras e sevícias de um dia na vida do nosso Primeiro. Para melhorar a sua publica persona junto do eleitorado.

O do sr. Tony Blair pode ser visto aqui.